Inicio

A história do homem que roubava dentes em cemitérios


Publicado em 14 do 05 de 2019 por Carlos Andre

Segundo a polícia, o homem teria roubado ossos de diversos túmulos, o mais macabro ainda é que acusado fazia sopa com os ossos dos cadáveres.

Um homem chamado Ondrej Jajcaj disse que ele extraiu os dentes de alguns dos compositores mais famosos do mundo, incluindo Johann Strauss e Johannes Brahms. Ele também promete que os dentes estarão em exibição em uma exposição que incluirá objetos que ele roubou de outras sepulturas.

Jajcaj foi identificado pela mídia austríaca como autor do crime. O homem, que se autodenomina Freedom Undertaker, publicou várias imagens nos quais ele mostra aos espectadores túmulos de honra no Cemitério Central de Viena,  informou a ABC .


Ele alega ter roubado centenas de crânios e dentaduras desde que começou a roubar, segundo o Independent austríaco.


Em 2008, funcionários do cemitério encontraram evidências de que algumas das sepulturas foram adulteradas. Jajcaj foi investigado e acusado de perturbar a paz dos mortos. No entanto, os promotores retiraram as acusações contra ele devido ao estatuto de limitações, de acordo com a ABC. No entanto, desde que os vídeos do Youtube apareceram online, a polícia austríaca está investigando Jajcaj novamente. Eles estão checando túmulos em busca de evidências de que as próteses de Johann Strauss e Johannes Brahms foram removidas.

Autoridades começaram a checar os túmulos de Ludwig van Beethoven, Franz Schubert e Arnold Schoenberg, informou o Telegraph .

A pena para esse crime é de seis meses a 10 anos de prisão. Esperamos que possamos acusá-lo de roubo, perturbando a paz dos mortos e outros crimes relacionados, disse Thomas Vecsey, do Ministério Público de Viena, segundo a ABC News. Mas o fato de ele não ser austríaco e não residir na Áustria, complica as coisas.

Fonte: ibtimes.com