Inicio

Lavrador de 51 anos tem pedra de 1,3 Kg e 18 cm retirada da bexiga em cirurgia na Bahia.. Vejam detalhes.


Publicado em 22 do 05 de 2019 por Marcelo Viana

                      Operação foi realizada em hospital do município de Jacobina, na região norte do estado

Um ocorrido no mínimo extraordinário,  deixou pasmo os médicos de um hospital no interior da Bahia na última segunda - feira(20). A junta médica removeram uma pedra de aproximadamente 18 cm e de 1,328 kg da bexiga de um lavrador de 51 anos de idade,em Jacobina, a cerca de 350 km de Salvador.

Segundo Éverson Matt, diretor médico do Hospital Antônio Teixeira Sobrinho, onde foi feita a cirurgia , essa seria a maior pedra vesical( que origina -se na bexiga) já averiguada no Brasil. "A segunda pedra maior do mundo foi registrada nos Estados Unidos. Ela tinha 12 cm, porém apenas 700 gramas", contou.

Éverson Matt, que atuou na cirurgia com o urologista João Cleber Coutinho , a pedra se alojava quase que na totalidade do lavrador, que até o momento não teve sua identidade revelada ."Ao tocar o pé da barriga, era notório sentir a pedra dentro da bexiga do lavrador", revelou.

O médico relatou que o paciente narrou que há 10 anos sentia queimação ao urinar e também sentia um peso no pé da barriga, porém exclusivamente em janeiro ele buscou  estudar as causas. Exames  detectaram um cálculo de 10 cm na bexiga, sendo assim o paciente foi levado para Salvador,onde foi notificado sobre a urgência da cirurgia.

Porém o comprimento real do material fez com que a equipe médica precisasse do triplo do tempo de uma cirurgia de retirada comum. "Esse caso de cirurgia naturalmente dura em média de 25 minutos" afirmou o Éverson.

Éverson Matt ponderou que as pedras vesical é um cálculo originalizado na própria bexiga .São causadas pela inflamação do órgão. Isso acontece quando o corpo está desidratado , fazendo que ela forme cristais na bexiga, que podem aumentar ao passar do tempo, criando uma pedra cada vez maior.

Apesar do espanto que a junta médica passou, o diretor do hospital revelou que o lavrador está bem. A recuperação dele está até surpreendendo. Ele já se move devagar pelo quarto e está urinado dentro da forma esperada.

A cirurgia durou aproximadamente cerca de 1h, além do médico Jão Cleber Coutinho, outros cincos médicos especialistas estiveram na operação para a realização do procedimento cirúrgico.

Fonte:https://g1.globo.com/ba/bahia/noticia/2019/05/21/lavrador-de-51-anos-tem-pedra-de-13-kg-e-18-cm-retirada-da-bexiga-em-cirurgia-na-bahia.ghtml